Dieta do arroz


A dieta de arroz é muito mais do que um mero plano de alimentação, porque constitui um “programa físico, emocional e espiritual, que transformará o seu modo de vida”, pelo menos é o que diz sua criadora, Kitty Gurkin Rosati. Está interessada em saber como perder peso com a dieta de arroz? Contaremos quais são as principais características deste programa integral. O que se pode comer? O nome desta dieta pode parecer enganoso, pois não é para comer só arroz. Você também pode comer frutas, legumes, cereais integrais, feijões com baixo teor de sódio e outras proteínas magras. No início, a ingestão deve ser de 800 calorias por dia. Estas irão aumentando gradualmente até 1200. É muito exigente? Na verdade sim: a dieta do arroz requer um grande esforço, uma vez que implica uma redução considerável em calorias e eliminação simultânea e quase total de sal, gordura e açúcar. Isso a torna uma dieta muito exigente, que requer para sua realização a supervisão de um médico. Não subestime este último ponto, pois o seguimento desta dieta sem acompanhamento adequado pode ter consequências devastadoras. Tem limitações? Como a maioria dos programas de alimentação para perder peso, a dieta do arroz tem suas limitações. Neste sentido, não fornece a quantidade necessária de cálcio, nem de vitamina D. Este fato torna necessário o uso de suplementos. Além disso, esta não inclui as proteínas diárias recomendadas para o funcionamento adequado do organismo. Quando complementada com exercícios e técnicas de meditação para eliminar o stress, a dieta do arroz promete perder uma média de 10 kg no primeiro mês. Agora, não se deixe seduzir por este número. Se você quer perder peso, faça-o de forma responsável. Conceda à sua alimentação a atenção que merece; não queremos te animar em fazer essa dieta sozinha, acima de tudo, consulte o seu médico.

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF